Toys R Us (1957-2018) e Charles Lazarus (1923-2018)

É uma história triste para a industria de brinquedos e para muitos de nós que na infância deliciava-se com a mega loja exclusiva de brinquedos.

Depois de terminar a segunda guerra mundial e de regressar do serviço militar, em 1947 Charles Lazarus começa a vender brinquedos. Após a segunda guerra mundial dá-se o baby boom, com a explosão da taxa de natalidade, e isso é uma oportunidade para este negócio.

Assim, em 1957, Lazarus inicia o sonho da pequenada numa pequena loja em Washington, tendo expandido o negócio rapidamente. Michael Goldstein chegou a intitulá-lo como o “pai do negócio dos brinquedos”.

Em 1978 a empresa teve o seu boom de crescimento, atingindo uma valorização de mil milhões de dólares, atingindo os 11 mil milhões de dólares na década de 90.

Após 2000, surgem concorrentes fortes, como Walmart e Target, tirando terreno de negócio à Toys R Us.

Com a sua venda em 2006 ao grupo da KKR, Bain Capital e Vornado, surgiu uma divida de mais de cinco mil milhões de dólares, da qual nunca recuperou.

Na sua sétima década de história, e depois de 6 meses de ter declarado falencia, não encontra comprador. Assim, em março de 2018, anuncia o encerramento de todas as 900 lojas nos Estados Unidos da América e no Reino Unido. Estão 36 mil postos de trabalho em risco.

Em Espanha e Portugal é gerida pela Toys R Us Iberia Real Estate SLU, no entanto já apresentou insolvência ao tribunal de Madrid, e garante que vai continuar a operar na Península ibérica para garantir o futuro.

Mas para terminar, Charles Lazarus faleceu ontem, 22 de Março de 2018, aos 94 anos…

Aqui fica um pequeno video com a história da Toys R Us:

%d bloggers like this: